samsung-techwin

Antes de qualquer coisa, eu quero deixar claro para os chatos de plantão: eu não quero a guerra, não gosto da guerra, e não quero “pagar para ver” as ameaças de Kim Jong-Un serem cumpridas (mesmo que falidas). Esse post tem apenas como objetivo “lembrar”, com uma boa dose de humor, que a Coreia do Sul tem um forte aliado: a Samsung.

A Samsung não vive apenas de fabricar smartphones, tablets, eletrônicos de consumo e eletrodomésticos. A maior fabricante mobile do mundo também se dedica ao desenvolvimento de tecnologia para os diversos segmentos de tecnologia. Inclusive para a tecnologia bélica, fabricando tanques de guerra.

O segmento Samsung Techwin é dedicada ao desenvolvimento de soluções tecnológicas para diferentes ramos do mercado, como robótica, energia elétrica, soluções para segurança, transporte de passageiros, indústria e, nesse caso, defesa.

Na verdade, a Samsung Techwin não é algo novo. É que resolvi escrever esse post depois que um dos meus contatos no Facebook publicou esse link, e aí, veio a ideia de um post sobre o assunto. A Samsung não só se dedica a máquinas de combate terrestres, mas também no desenvolvimento de soluções para combate aéreo e manutenção dos seus equipamentos. Itens que podem muito bem serem utilizados em um combate contra os norte-coreanos (algo que, particularmente, não acredito que vai acontecer).

Portanto, Kim Jong-Un, pense duas vezes antes de sair mandando suas ogivas para tudo quanto é lado. Além de ter o mundo inteiro estar contra você nesse momento, os sul-coreanos ainda contam com a ajuda da maior fabricante de smartphones do mundo para derrotar você.

Para saber mais sobre a Samsung Techwin, clique aqui.