ASUS Zenfone 3 Max

 

Com tantas mudanças que aconteceram na minha vida nas últimas semanas, só agora eu tive tempo de abrir com calma o pacote enviado pela assessoria de imprensa da ASUS. E, dessa forma, começar os testes do ASUS Zenfone 3 Max.

O produto foi anunciado no Brasil no mesmo dia do lançamento do ASUS Zenfone 3, e se destaca de forma prioritária pela enorme bateria de 4.100 mAh. Levando em consideração a otimização de software implantada pelo fabricante, combinado com o melhor gerenciamento dos chips da Qualcomm, e já posso imaginar que esse smartphone deve alcançar com facilidade os dois dias de uso longe do carregador.

Outro diferencial importante é que a sua bateria pode ser utilizada como power bank, para recarregar outros dispositivos. Não imagino que eu venha a fazer isso ao longo de duas semanas, mas prometo testar a funcionalidade para compreender como a mesma atua no dia a dia do usuário.

 

 

O modelo enviado pela assessoria de imprensa da ASUS possui tela de 5.5 polegadas e 32 GB de armazenamento. No Brasil, esse modelo tem valor sugerido de R$ 1.199, e compete diretamente com a linha Moto G de quarta geração da Lenovo.

Pode ser um competidor de peso dentro do seu segmento. Tem diferenciais que tendem a agradar o usuário que não quer ficar sem bateria ao longo do dia.

 

 

A unidade enviada pela ASUS veio lacrada. Logo, quero fazer aquele tradicional unboxing e primeiras impressões para o TargetHD.

E justamente por isso não posso falar muito mais sobre o produto.

Mas vamos aos testes. Vai ser interessante testar esse smartphone.