Bill Gates encabeça a lista de empresários que apostam na “carne que não é carne”, investindo US$ 75 milhões no desenvolvimento de hambúrgueres sem carne da empresa Impossible Foods.

A Impossible Foods é uma das líderes dentro do segmento, ao lado da Beyond Meat. As duas trabalham por anos para criar hambúrgueres de alta qualidade baseados em plantas. Mas não são hambúrgueres veganos, mas sim que imitam o sabor e a consistência da carne.

A estrutura molecular da carne, queijo e outros produtos de origem animal é estudada, e até agora foi possível montar o hambúrguer do zero com blocos de proteínas e gordura vegetal. O produto parece e é preparado como se fosse carne moída, inclusive com o sangramento característico.

A iniciativa pode ser uma revolução no mundo do consumo alimentício. O projeto não quer substituir o consumo do hambúrguer real, mas sim diminuí-lo em 25% antes de 2020, reduzindo assim os altos índices de obesidade nos Estados Unidos e outros países.

Os US$ 75 milhões de Gates se somam aos US$ 250 milhões que a Impossible Foods recebeu desde sua fundação em 2011, que resultaram na construçãp de uma fábrica em Oakland, Calfórnia, que será capaz de produzir até 454 mil quilos de carne que não é carne por mês.

 

+info