kassab

 

Cala a boca, Kassab!

Não é um pedido. É uma ordem! Como cidadão que paga impostos e entende que todo político é um servidor público, eu estou mandando você calar a boca!

Abrir a boca para dizer que “pensa” em limitar a internet banda larga no Brasil ainda em 2017 é uma grande bobagem. Se eu pudesse, eu não só te demitia, mas te expulsava da vida política.

O senhor é completamente desnecessário, e despreparado para o posto que hoje ocupa (ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações). Ou para qualquer outro cargo político.

 

Veja bem.

Esse moço basicamente tem um plano de carreira, um projeto de vida. A consequência disso? Ver como Kassab vai com o andar da onda, sem qualquer ideologia política que não seja a do seu próprio umbigo.

Esse senhor sai gritando “respeita os doente, vagabundo” para idosos que reclamavam do péssimo atendimento dos postos de saúde da prefeitura de São Paulo. Apoiou Dilma, e quando o barco da moça afundou, pulou dele para agora apoiar o governo Temer (não houve golpe, mas… né???).

Kassab nem de longe é o melhor para ocupar a pasta que hoje possui no governo atual, mas está lá. E para abrir a boca pra falar essa bobagem, é melhor ficar bem calado.

 

Kassab ignora completamente a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), que já alertou que não vai discutir a questão tão cedo, mantendo a atual proibição de limitação contra as operadoras. Sem falar nos projetos de lei que correm no Congresso que pretendem dificultar ou proibir a limitação das operadoras.

Por experiência própria: a proibição da Anatel está valendo tanto, que em alguns casos, nem mesmo com contas em atraso a internet do usuário é bloqueada.

Logo, Kassab… cala a boca! Ou pede pra cagar e sai, o que seria bem melhor!