Film-Delorean

Muita calma nessa hora. Eu só estou relatando os fatos, e não afirmando que eles são verídicos. Mas o fato é que o Irã pode se tornar em breve o país da primeira máquina do tempo do mundo. Um cientista de Teerã registrou no Centro de Invenções Estratégicas daquele país um dispositivo que ele inventou, chamado “The Aryayek Time Traveling Machine”, que pode enviar pessoas para um futuro próximo. Até 8 anos no futuro, para ser mais exato.

A tal máquina do tempo não é um box da polícia ou um carro DeLorean modificado. Ali Razeghi, o inventor de 27 anos de idade, afirma que a máquina do tempo pode ser acondicionada em uma maleta. O produto não funcionaria pelas vias tradicionais, transportando a pessoa fisicamente para o futuro, mas sim, fazendo previsões sobre sua vida, mostrando o que vai acontecer nos próximos anos, através do toque das mãos do usuário.

Com isso, o dispositivo poderia fazer a leitura do futuro da pessoa, em uma janela de 5 até 8 anos adiante. O cientista afirma que a porcentagem de acerto é de até 98%. Ou seja, estamos falando da “Mãe Diná eletrônica”, e não de uma máquina do tempo propriamente dita.

O cientista tem 179 invenções registradas em seu nome, e disse que já trabalha no mundo das invenções desde os 10 anos de idade. E sim, o dispositivo já está em estudo pelo governo iraniano para “utilizações futuras”. Nem quero pensar como eles vão utilizar isso.

Razeghi afirma que o interesse do governo parece ser algo natural. Afinal de contas, qual governante não quer ver o que vai acontecer daqui a cinco anos, para se prevenir de pequenos desastres?

Uma última coisa: o motivo pelo qual a “máquina do tempo” só apareceu agora é que “a China quer roubar esse invento da gente”. Muito justo (o segredo, não o roubo).

Via SlashGear