Jean Archer decidiu dar a sua forma ao assistente Cortana da Microsoft, criando um “corpo holográfico” ao software.

Na verdade, não é uma holografia real, mas tira o melhor partido possível do sistema de reflexão em vídeo semi-espelhado, criando assim a ilusão de imagens 3D de forma bem simples.

O sistema conta com uma câmera integrada na base, que detecta a posição do rosto do usuário e ajustando a perspectiva do Cortana virtual, criando um resultado bem realista.

Todos os detalhes do sistema estão nesse link, e o resultado final é bem simpático. Vídeo a seguir.