Console Wars, uma obra de Blake J. Harris, aborda um momento chave para compreender a história do ócio eletrônico: a batalha entre Nintendo e Sega.

Console Wars foi escrito a partir de 200 entrevistas, onde uma delas aconteceu com Tom Kalinske, ex-executivo da Mattel que foi o responsável sobre como a Sega conseguiu bater de frente com a toda poderosa Nintendo.

Ao longo de mais de 500 páginas, podemos ver episódios como Kalinske vio o Game Gear pela primeira vez, o nascimento do Mega Drice, o gerenciamento de Sonic ou como a Sega entendeu que a única forma de ganhar terreno em relação à Nintendo era fazer as coisas de uma forma diferente.

O livro tem leitura prática, sem excessos e com a profundidade esperada pelos fãs .

 

 

É um dos melhores livros sobre videogames dos últimos anos. Talvez a úncia coisa que falta é o “outro lado, com uma perspectiva mais global, e não tão focado na Sega America, mas também no que a Nintendo fazia no mundo todo. Tudo isso serve para entendermos o que aconteceu durante aqueles anos dourados dos games.

 

 

 

Via  Heroes de Papel