Não é exatamente do jeito que você leu no título, mas está valendo. Vamos ver os detalhes.

Uma empresa chinesa criou o Copypod 3D, uma máquina que digitaliza a imagem de um ser humano em 3D, “clonando” artificialmente a sua aparência física, mas sem exatamente materializar essa imagem.

A ideia da máquina é baseada na “esfera Hoberman”, que é um tipo de cúpula que pode dobrar-se para ficar em um tamanho muito menor, graças às suas juntas mecânicas. Esse sistema permite que o dispositivo seja transportado com maior facilidade.

O Copypod 3D possui uma série de câmeras DSLR com distância focal física, que captura as imagens por todos os ângulos, permitindo assim realizar a “clonagem”. Uma das principais características da máquina é que ele pode se contrair para digitalizar objetos pequenos ou expandir para digitalizar um grupo de pessoas.

A máquina constrói os modelos digitais utilizando os dados das fotos capturadas que, combinadas, geram as impressões em 3D de alta resolução. O software utilizado nesse processo não foi revelado pelos responsáveis pelo projeto.

Vídeo demonstrativo a seguir.