Merriam-Webster

 

O Merriam-Webster, conhecida editoria norte-americana filial da Enciclopédia Britânica, definiu como “ovelhas” os fãs da Apple na sua última atualização do An American Dictionary of the English Language.

O dicionário, que existe desde 1820, adicionou o termo Sheeple para definir “pessoas dóceis, obedientes, submissos ou facilmente influenciáveis”.

A polêmica veio de um dos exemplos que o dicionário utiliza para mostrar o que significa o termo. Um dos compradores do primeiro case oficial comercializado pela Apple para o iPhone 6s, que custa US$ 99, seria um desses Sheeples.

 

 

Não é a primeira vez que acusam os fãs da Apple de comprar qualquer coisa que a empresa lança sem se importar com a sua utilidade ou preço, com o desejo de obter um produto da marca, sem fazer um valor mais racional das necessidades e alternativas das tecnologias, quase hipnotizando o consumidor pelo marketing massivo da Apple.

O problema principal é que a Merriam-Webster inclui a aceitação (e seu exmplo) em um dicionário com prestígio, que deveria ser neutro e preciso em suas definições.

Sem falar que os próprios fãs da Apple criticaram a empresa, que deixa de atualizar uma linha de produto quando a mesma não entrega o esperado em vendas. Vide os Macs nos últimos anos.

Há opiniões para todos os gostos. Há quem concorda com a definição, há quem acha que o mesmo poderia ser aplicado aos que trabalham com Windows ou Android.

E você? O que acha de tudo isso?

 

Via Merriam-Webster