É uma questão de tempo para que o primeiro Nokia Lumia com Windows Phone 8 seja oficialmente anunciado. Afinal de contas, Nokia e Microsoft são parceiras próximas do projeto, e parece que o “ensaio” dessa parceria, com os primeiros modelos da linha Lumia com Windows Phone 7.5, já foi concluído. Logo, não devemos demorar a ver o primeiro lançamento da fabricante finlandesa com a nova versão do sistema operacional da gigante de Redmond, certo? Bom… quase isso.

Apesar de chamar a atenção com os modelos Lumia 800 e Lumia 900, a Nokia demorou tempo demais para lançar os seus primeiros smartphones com Windows Phone, dando um espaço generoso para os seus concorrentes se anteciparem e lançarem suas opções. Na prática, o grande diferencial dos smarts WinPho da Nokia para os concorrentes está no seu design (já que as poucas diferenças de hardware não são relevantes o suficiente para o desempenho final do produto), e pouco barulho fizeram junto ao consumidor (tanto que a Nokia é bem reservada na hora de se pronunciar sobre os números das vendas desses produtos).

Além disso, é um baita prejuízo ter o Lumia 900 lançado a pouco tempo, e rapidamente saber que ele chega ao mercado obsoleto, uma vez que ele não pode receber a atualização para o Windows Phone 8. E é esta a lição que a Nokia precisa aprender rapidamente: não pode demorar para lançar o seu produto com a nova versão do sistema da Microsoft, justamente para que a relação custo/benefício seja compensatória para o consumidor.

Por que esperar por ele: porque eu acredito que a Nokia não vai esperar até o meio do ano que vem para apresentar um Lumia com Windows Phone 8. Como disse antes, dessa vez, eles não precisam ficar testando (ou brincando) como fazer um bom smartphone com o sistema da Microsoft. Isso, eles já sabem fazer. Logo, a janela de adaptação e desenvolvimento é menor. Além disso, essa parceria entre Nokia e Microsoft deve oferecer, ao menos dessa vez, alguma vantagem de tempo para a fabricante finlandesa para entregar um lançamento com o novo sistema antes dos concorrentes. Isso, sem falar em recursos e aplicativos específicos para os modelos da Nokia, como o Nokia Drive e o Nokia Music, que devem oferecer um “plus” para esses smartphones. E, se os supostos nomes desses novos smartphones por aí já circulam nas telas dos aplicativos para desenvolvedores, é sinal que seu lançamento está próximo. É esperar para ver.