Jacques Mattherij comprou acidentalmente 2 toneladas de peças LEGO, mas mal sabia que tal aquisição poderia se tornar um grande negócio.

Peças selecionadas ou específicas podem custar mais caro do que as convencionais, por serem mais raras que as demais. O negócio, que parecia atraente, saiu um pouco do controle quando ele fez algumas licitações no eBay, que no dia seguinte foram vencidas, resultando nas 2 toneladas em peças.

As peças encheram sua garagem até o teto. Sabendo que seria impossível fazer a seleção manual de todas as peças, ele criou uma máquina para isso, usando um tapete, uma webcam e sopros de ar que ejetavam as peças do tapete para o caixote adequado.

 

 

O software usa de machine learning para a identificação das peças, que foram avaliadas em 20 mil euros. Ainda não sabemos se este é o lucro que Jacques esperava.

 

 

 

Via Link 1, Link 2