nes-mini

 

Uma vez que o NES Mini chegou ao mercado, a comunidade modding começou a fazer das suas com o produto. E alguns hackers já fizeram o mini console rodar uma versão do Linux.

De origem, o NES Mini já roda o Linux. Mas dessa vez, alguém recorreu aos arquivos que a Nintendo disponibiliza, modificou os dados e fez com que o produto rodasse um kernel Linux personalizado.

Por enquanto, é um Linux ainda bem limitado, e novos jogos não foram instalados. Mas este é um primeiro passo importante para que o console se transforme em um potencial objeto de culto, muito maior que a Nintendo planejou.

Embora seja difícil de imaginar que a Nintendo facilite o download e a utilização de jogos, isso pode ser feito como uma vertente promocional, um apelo para geeks e fãs.

Oferecer ferramentas e SDKs que facilitem a criação de jogos para o NES Mini, e deixar que a comunidade cuide do resto é uma forma de mostrar respeito pelos fãs.

Vamos ver o que o tempo vai dizer.

 

Via Ars Technica