Um juiz norte-americano está obrigando motoristas embriagados a instalarem nos seus smartphones os aplicativos do Uber ou do Lyft, como forma de evitar problemas de trânsito no futuro.

Para Michael Cicconetti, juiz no Ohio (EUA), a decisão é mais prática do que seguir penalizando o crescente número de motoristas que dirigem sem condições para isso.

A medida não é um mero pró-forma. Os motoristas são obrigados a concluir o registro nos apps, introduzindo dados de cartão de crédito, para garantir o pleno funcionamento das ferramentas.

A ideia do juiz é que os motoristas se lembrem que é muito mais prático e barato fazer a viagem de Uber do que pagar a multa por serem pegos por dirigir bêbados ou provocar um acidente com feridos graves ou vítimas fatais.

Podiam entrar na lista aqueles que não sabem dirigir, que jogam lixo e cigarros pela janela, que andam no meio da faixa, que colam na traseira de outros carros, os que param no meio da rua, em fila dupla, aqueles que ocupam duas ou três vagas no estacionamento…

 

Via ArsTechnica