O LOVE é um projeto que está em financiamento no Kickstarter, que nem pode ser considerado um toca-discos, já que ele não gira o disco, mas sim a própria cabeça de leitura, que pode ser controlada por um aplicativo no smartphone.

O sistema lembra os toca-discos portáteis do passado, mas que ainda assim faziam o disco girar. O conceito do LOVE pode incomodar os mais puristas, já que pode aplicar muito peso sobre a agulha de leitura, aumentando as chances de desgaste dos discos. Sem falar que o som é enviado via Bluetooth ou WiFi, desvirtuando o prazer do som “analógico” que se espera do vinil.

O LOVE já superou de longe os US$ 50 mil que pretendiam arrecadar para chegar ao mercado. Ou seja, veremos um desses em breve com algum usuário, e poderemos assim tirar nossas impressões reais do conceito na prática.

 

 

Via Kickstarter