O Ursinho Pooh, ou Winnie the Pooh, se transformou no mais recente inimigo do governo chinês.

No último final de semana, as menções ao Pooh foram censuradas nas redes sociais mais populares da China (Weibo e WeChat), pelas comparações feitas entre o urso e o presidente do país, Xi Jinping.

No Weibo, foram retiradas as menções ao Ursinho Pooh, e no WeChat foi retirado o pacote de stickers oficiais.

O meme começou quando Barack Obama, então presidente dos Estados Unidos, visitou o país e se popularizou uma foto com os dois chefes de estado caminhando.

 

O efeito contagiou outros líderes mundiais, e o primeiro ministro japonês Shinzo Abe foi comparado com o asno Igor.

 

 

A China tem leis muito restritas sobre o uso da internet. Em 2015, a foto mais censurada do país foi uma que comparava o mandatário com o urso da Disney durante um desfile militar.

Agora… essa história de ficar censurando brincadeiras com chefes de estado na internet me deixam com essa cara aqui…

 

 

+info