Samsung Chromebook 3

 

Eu continuo atualizando meus dispositivos de tecnologia, e continuo buscando as melhores opções possíveis para melhorar a minha produtividade móvel. E decidi apostar no Chrome OS, com o Samsung Chromebook 3.

 

Eu bem sei o que senti quando fiquei uma semana dependendo de tomadas para fazer o meu trabalho no TargetHD.net. Não foi uma das experiências mais agradáveis. Não apenas por causa dos smartphones que tenho, mas principalmente por causa do computador portátil.

Eu amo o meu ultrabook Toshiba Z930, mas a sua autonomia de bateria não aguenta mais do que três horas de jornada de trabalho intenso. Eu precisava de um computador que me oferecesse uma autonomia de bateria plena, algo que funcionasse por pelo menos um dia inteiro de uso, para a produção de textos rápidos e em qualquer lugar.

Como eu ainda sou pobre e não posso comprar um MacBook Air, eu optei pelo Samsung Chromebook 3, notebook com dimensões de netbook, mas gerenciado pelo Chrome OS.

 

 

Com tudo o que eu li sobre esse computador, entendi que ele seria o suficiente para realizar essas tarefas mais básicas em um dispositivo conectado. Tudo o que eu precisava era de um computador que pelo menos funcionasse com o WordPress sem ficar totalmente travado, que permitisse a edição rápida de documentos ou a produção de textos completos com fotos e vídeos, além de me oferecer uma conectividade e navegação de longa duração à internet.

É minha primeira experiência com o Chrome OS, e confesso que já ciente de todas as suas dificuldades, eu posso dizer que estou satisfeito com a produtividade entregue pelo dispositivo.

É um notebook leve no peso e com potência boa o suficiente para utilizar o WordPress sem muitos engasgos. Era tudo o que eu precisava.

 

 

Tá… eu sei que as configurações desse notebook não são consideradas as ideais… mas tenho que confiar que o Chrome OS só precisa disso para funcionar bem.

E disse “confiar” porque sei como o Chrome em si é um devorador de recursos do equipamento. Se ele trabalha com uma ferramenta que salva dados o tempo todo (como é o caso dos aplicativos da suíte Office Online), eu sinto o sistema dando uns engasgos, mas mais por conta dos comandos de salvar arquivos na nuvem.

Mas é algo que consigo lidar. Como disse, quero poder produzir esse conteúdo em qualquer lugar, e sem maiores complicações.

 

 

O teclado dele é ótimo, e facilita a digitação ágil (esse texto já foi produzido pelo Chromebook).

É evidente que vou fazer o material de primeiras impressões, mas isso eu vou fazer quando eu voltar do evento da LG no Rio de Janeiro.

Mas confesso que fiquei com tanto comichão de testar o produto, que não resisti e já vim aqui contar para vocês da novidade.

 

Habemus Samsung Chromebook 3!