jqcydr1dlos4tg44gju0

Duas manifestações interromperam a conferência inaugural da Google I/O 2014 de hoje (25). A primeira (foto acima) protestava contra Jack Halprin, diretor da Google acusado de ter prejudicado a várias famílias com “artimanhas pouco éticas”. O segundo protesto acusou a Google por “fabricar robôs que assassinam as pessoas, em referência aos investimentos e compras de empresas como a Boston Dynamics, que de forma efetiva levou anos construindo robôs de defesa.

Pode até ser que gritar no meio de um grande evento da Google não é a melhor maneira para chamar a atenção, mas as duas histórias são tão importantes (ou mais) do que a apresentação do próximo Android.

Ou não?