interent

 

Algumas pessoas que eu conheço acreditam cegamente que eu estou aqui no cruzeiro a passeio, onde tudo é pura diversão. E, por conta disso, eu poderia muito bem ficar sem internet por alguns dias.

Eles estão certos, em partes.

Aqui, eu estou me divertindo pra caramba. Comendo do bom e do melhor, nadando em piscinas ótimas, tomando sorvete o dia inteiro, aproveitando de festas sensacionais, ouvindo boa música e conhecendo gente muito divertida e interessante.

Porém… é trabalho. Ainda tenho uma boa dose de trabalho por aqui.

O que acontece aqui ainda é um evento de tecnologia, com anúncios e lançamentos importantes para o mercado nacional. Logo, eu sigo produzindo conteúdo para os veículos que eu atendo.

E no caso do ASUS OnBoard 3, o evento simplesmente anunciou o lançamento do ASUS Zenfone 3 Zoom, e a chegada do ASUS Zenfone AR, primeiro dispositivo com a plataforma de realidade aumentada da Google, o Project Tango.

Logo, ficar sem internet não é uma opção. Se fosse férias de verdade, a conversa seria outra. E, mesmo assim: quando eu fiz esse mesmo cruzeiro em 2015 (não foi o ASUS OnBoard, mas sim por conta), eu ainda trabalhei em algumas coisas que precisava publicar naquele momento.

Enfim, a ASUS quebrou o galho de todo mundo oferecendo um pacote de internet de 1.9 GB de dados. Sim, é bem pouco para quem trabalha com tecnologia. Mas é melhor do que nada.

Esse pacote é útil para quando estamos em alto mar, bem longe do sinal de rede das operadoras. Seria possível utilizar a conectividade do smartphone, já que o navio tem conexão via satélite com algumas operadoras de telefonia móvel. Por outro lado, utilizar essa conexão significa pagar roaming internacional. E ninguém quer encarar uma conta de roaming internacional no final do mês.

Por isso, enquanto estamos longe da costa, utilizamos essa internet oferecida pelo navio. Não é a mais rápida que você vai encontrar (pelo contrário, é bem lenta), mas é melhor do que nada. É o suficiente para você enviar textos e fotos em formato leve. Dá pra trabalhar bem nos sites com ela.

Quando chegamos na costa, utilizamos a conexão dos nossos respectivos pacotes de dados. No meu caso, como sou TIM Beta, os 10 GB de dados quebram muito bem o galho quando estou fora de casa no meu dia a dia. E nessa viagem estão sendo essenciais para não ficar offline.

Em resumo: não fico sem internet até mesmo quando estou em alto mar. Bom, em outros tempos eu ficaria. Pelo menos dessa vez, não!