A internet não era popular na década de 1980, e poucas pessoas se conectavam a outros computadores, e quando o faziam, era pelas redes Usenet e BBS.

Estes eram pontos de encontro de um bom número de usuários de computadores, que compartilhavam conteúdos e opiniões a partir de computadores de 8 e 16 bits.

Quase 40 anos depois da era das BBS, saiba que ainda é possível viver essa experiência, adicionando um “modem WiFi” a um computador Commodore 64.

 

 

O maravilhoso mundo das BBS em 8 bits

 

 

O Commodore 64 faz uso de uma porta de expansão User Port, que com a ajuda de um adaptador pode se comunicar com a porta serial RS-232. Por conta disso, o computador pode se conectar a uma rede WiFi, oferecendo um telnet para um dos servidores que mantém a BBS funcionando, com a mesma filosofia de quase duas décadas.

Há dulas alternativas nesse tipo de modem WiFi para o C64: o WiModem (US$ 70) e o Wi-Fi Modem (US$ 180).  O segundo modem em mais opções, permitindo rodar uma BBS própria, além de cotar com uma pequena tela OLED, para visualizar todos os comandos.

Uma vez conectado, é preciso um programa de terminal que rode no C64 para a conexão com um dos servidores BBS.

A conexão de 2.4 Kbits por seugundo pode sim causar espanto para a maioria que busca uma forma alternativa de navegar, mas é sempre bom lembrar que na BBS tudo era texto.

E esse é um dos seus encantos. De modo que se você pretende fazer essa viagem no tempo, este é  o produto que você estava esperando.

 

 

Via Amiga Love