A tal liberdade agora tem preço. A Oi mudou de ideia, e agora, passa a vender aparelhos subsidiados e planos sujeitos a multa por cancelamento. Ou seja, aquilo que a própria operadora promovia em suas propagandas como “diferencial” em relação às demais, não existe mais.

Ou seja… “multa? SIM!”, certo, Oi?

O que acontece é que, a partir de agora, os novos clientes recebem “alternativas” como planos de fidelização, multas e outras punições em caso de desistência de contrato. As novas condições valem para a atual promoção de Natal, no plano “Fale à Vontade”, que tem uma multa de R$ 358,00 para o usuário, em caso de cancelamento. O valor possui uma redução proporcional, de acordo com a quantidade de dias que faltam para concluir os 12 meses de contrato.

O argumento de Maxim Medvedowsky, diretor do segmento de varejo da Oi, é que o consumidor atual pensa antes no aparelho, para depois pensar no plano. Mas… em 2009, a própria Oi lançou uma vasta propaganda contra as multas! Incoerência? Ou tudo muda, e o assinante que se dane? E pior entre as quatro grandes operadoras nacionais, é a mais defasada. Ou seja, já não é lá grande coisa. Depois dessa…

Aí, pessoal da Oi: VOCÊS ESTÃO FAZENDO ERRADO!

Segue abaixo o vídeo para refrescar a memória (a nossa e a deles).



via AdNews