celulares

 

A revolução dos celulares poderia ter começado bem antes do que a história nos conta. A explosão comercial da telefonia móvel aconteceu na década de 1990, mas a sua ideia básica se estabeleceu em 1945.

O primeiro antecedente técnico da telefonia móvel foi encontrado nos serviços de comunicação públicos de radiotelefonia em algumas cidades norte-americanas, na década de 1940.

Em St. Louis, Missouri (EUA), a AT&T já utilizava um único transmissor de seis canais. Em 1947, a operadora passou a utilizar um sistema com vários transmissores de baixa potência, que se dividia em áreas concretas ou células.

Era uma tecnologia já avançada, que poderia estrear bem antes se a FCC não freasse os planos da AT&T, que queria expandir esse sistema. A agência preferiu priorizar o sistema de radiodifusão a favor da televisão, que ocupou toda a largura de banda para evitar colapsos, favorecendo as gigantes do setor na época, que tiveram um prazo enorme para estabelecer seus monopólios.

No final das contas, a medida foi totalmente desnecessária. A maior parte da largura de banda acabou inutilizada, freando assim o avanço de uma tecnologia revolucionária, que poderia ser uma realidade comercial já na década de 1970.

 

Via HardOCP