Robert Frederick Nelson, 64 anos de idade, residente em Las Vegas, Nevada (EUA), precisou ir até um escritório do governo para tramitar uma simples identificação oficial.

Quando tiraram sua foto, o software de reconhecimento facial identificou Robert como Craig James Pautler, um fugitivo com ampla ficha criminal, com acusações de vários roubos à mão armada, posse de bens roubados e outros delitos.

Diante disso, os investigadores interrogaram Robert, e descobriram que, na década e 1980, ele foi preso pelo Serviço Secreto, sob o crime de falsificação. Mas fugiu da prisão em Minnesota em 1992.

Foi aí que ele adquiriu a identidade de Craig James Pautler, para começar uma nova vida de crimes ainda mais violenta. Em algum momento da década passada, ele voltou a adotar a sua identidade original, depois que os primeiros crimes transcreveram.

Ele jamais considerou que o sistema de reconhecimento facial fosse revelar o seu passado de múltiplas identidades. Mas para a sua sorte, a sua idade avançada vai livrá-lo da cadeia. Ele só vai cumprir serviços comunitários pelo resto de sua vida.

 

+info