O Wall Street Journal publicou hoje que a Sony pensa em tomar medidas drásticas em relação à Sony Ericsson, e uma dessas medidas pode ser a compra da participação da Ericsson na empresa. A fonte ainda informa que esse acordo para dissolver a sociedade e deixar toda a divisão mobile nas mãos da Sony estaria a ponto de ser finalizado. Desse modo, a futura divisão de telefones móveis da Sony poderia trabalhar de forma muito mais direta e efetiva com os departamentos encarregados pelos tablets e videogames.

O maior obstáculo parece ser o valor final da transação, e o preço que a Sony deve pagar para a Ericsson, que possui aproximadamente US$ 1.7 bilhão de dólares em patentes de tecnologias móveis. Seja como for, o WSJ se mostra confiante que o acordo de venda deve ser assinado em breve, e que o próprio CEO da Sony Ericsson, Howard Stringer, dê uma declaração oficial sobre o assunto.

via Wall Street Journal