20161110-204043

 

Normalmente uma foto como essa seria vista como um sinal de civilidade entre homens que possuem posições políticas opostas.

Porém, o nível de todo o processo eleitoral norte-americano foi tão baixo, que essa foto é simplesmente vergonhosa.

Ver como Barack Obama e Donald Trump fazem um teatrinho diante dos olhos do mundo é algo extremamente constrangedor.

Para eles mesmos, inclusive.

 

 

Um buraco para os dois

 

Donald Trump deixou explícito em diversas oportunidades toda a sua aversão à política de Barack Obama.

Foi de afirmar que Obama não era norte-americano até acusá-lo de ser “o pior presidente da história dos Estados Unidos”.

E agora afirma que terá no atual presidente um “conselheiro” para sua gestão?

Nem dá para chamar isso de hipocrisia, pois é algo muito pior.

Na verdade, Trump é mesmo o Biff Tannen (de De Volta Para o Futuro II): ganhou o brinquedo, mas não sabe mais o que fazer com ele.

 

 

landscape-1438023859-trump-as-biff

Veja a semelhança…

 

Por outro lado, Barack Obama também tripudiou de Trump em diversas oportunidades. Principalmente em 2011, quando o apresentador de The Apprentice se lançou pré-candidato à presidência dos EUA.

Na atual campanha, Obama afirmou que Trump era um maluco despreparado (concordo com o despreparado), e sua vitória era “uma ameaça para a segurança nacional”.

Como podem ver, amigos… falta convicção aos dois protagonistas desse post.

Por isso, esse aperto de mão foi algo vergonhoso e constrangedor.

 

 

Mas tudo isso poderia ter sido evitado…

 

…se as pessoas ouvissem mais o Michael Moore.

Em julho, ele cantou a bola que Trump poderia sim ser presidente dos Estados Unidos. E matematicamente.

Pena que os norte-americanos não ouviram o cara.

A explicação a seguir:

 

cw0ytzwxgae908y

 

Isso mesmo…. segura esse forninho agora, América!