Sempre admiro iniciativas que pelo menos tentam mudar alguma coisa. Reclamar dos preços de produtos de tecnologia, todos nós reclamamos. Mas não custa nada tentar convencer os corações gelados dos lojistas e e-commerces nacionais em reduzir os seus preços, por algum motivo. Mesmo que seja para um grupo pequeno de usuários.

No começo do mês de novembro, recebi um e-mail do internauta Wandré Nunes de Pinho Veloso, que perguntou sobre uma proposta que achei interessante: a criação de uma lista de potenciais compradores de smartphones para esse final de ano. Nessa lista, os usuários colocam as suas propostas de aparelhos em vista (ou sua “wishlist”), e com elam em mãos, eles vão entrar em contato com logistas, revendedores e representantes comerciais dos fabricantes para obter algum tipo de desconto na compra desses produtos em um número X de unidades.

Apesar de observar que a lista conta com modelos que não foram oficialmente lançados no Brasil (e que só devem chegar no primeiro trimestre de 2013), a iniciativa é válida pelo simples fato de poder chamar a atenção dos próprios fabricantes de smartphones (na teoria), que podem até não colocar preços competitivos para os produtos listados, mas pelo menos deve acelerar o processo de lançamento desses modelos no Brasil.

Entendo que, quanto mais o consumidor se engajar nessas alternativas, as chances de alguma coisa mudar no mercado mobile brasileiro aumentam. É claro que tem gente que vai dizer que “isso não vai dar em nada” ou que “tem coisas mais importantes para se preocupar no Brasil”. Ok. Mas pelo menos eles estão fazendo alguma coisa, e não reclamando o tempo todo que “tudo está errado”.

Quanto mais pessoas participarem dessa lista, mais ela pode ter peso. Logo, mesmo que seja apenas pleo fato de você conhecer outros consumidores que também querem comprar novos gadgets nos próximos meses, vale a pena você dar uma olhada na planilha, e se você se interessar, se inscrever. Vai que… né?

Clique aqui para acessar a lista.