yahoo

 

A Yahoo! é uma empresa peculiar. Consegue se superar no nível de bobagens. E isso não é de agora.

A notícia que mais de um bilhão de contas comprometidas da empresa colocam por terra toda e qualquer chance de venda para a Verizon, na minha modesta opinião.

Afinal de contas, a Verizon nem sabe mais o que está comprando. Nos últimos seis meses (ou desde que foi anunciado o acordo de compra, no valor de US$ 4,38 bilhões), foram duas grandes surpresas bem desagradáveis.

Quem é que vai querer uma empresa assim?

 

 

Várias vezes ela disse NÃO, e de forma imbecil

 

Agora que o post avançou, eu posso usar palavras mais pesadas para tripudiar a Yahoo!

Pois bem, não é de hoje que ela faz c*g*d*s com ela mesma.

No passado, a mesma Yahoo! não conseguiu comprar a Google, e por duas vezes. Na primeira, a (na época) nanica de Mountain View se ofereceu para a (na época) gigante de buscas por US$ 1 bilhão, e recebeu um NÃO como resposta.

Na segunda tentativa, a Yahoo! ofereceu US$ 3 bilhões pela Google, que ofereceu uma contra-proposta de US$ 5 bilhões, e mais uma vez, o negócio não aconteceu.

Só nesses dois eventos, tudo o que vemos hoje na internet e no mundo da tecnologia poderia ser completamente diferente. Bastava um simples SIM e pronto.

Mas não para por aí.

 

No seu auge, a Yahoo! chegou a valer US$ 100 bilhões. Isso, antes da bolha da internet estourar.

Depois que a bolha estourou, a Microsoft quis pagar mais de US$ 15 bilhões pela gigante de buscas (antes mesmo de criar o Bing), e alguém na Yahoo! achou que era pouco… e disse NÃO!

Então, anos depois, temos a mesma Yahoo! valendo apenas US$ 4.38 bilhões… antes da Verizon saber de todas essas falhas de segurança.

 

A Yahoo! não vai conseguir se vender tão fácil…

 

Acabou a confiança que as pessoas tinham nessa marca.

Investidores, possíveis compradores, usuários… ninguém mais confia na Yahoo!. A empresa se mostrou um verdadeiro desastre em um dos temas mais relevantes do momento: a segurança.

Coincidentemente, isso tudo aconteceu depois da chegada de Marissa Mayer na empresa… vinda da Google!

Será que temos o mesmo efeito que Stephen Elop criou na Nokia (vindo da Microsoft)?

É difícil de acreditar. Acho que é muito mais a incompetência do todo do que uma sabotagem deliberada.

O histórico da Yahoo! mostra que eles não precisavam de ajuda de fora para fazer tantas burradas.

 

E agora? Quanto vale a Yahoo!?

Sei lá. Talvez duas mariolas e um copo d’água.

E, parando para pensar… o copo d’água vale mais!