Ir ao conteúdo
www.LojaPecasAuto.pt

5 coisas que acontecem ao seu corpo quando você bebe Coca-Cola

Compartilhe

Vamos combinar uma coisa: Coca-Cola é um refrigerante delicioso. Mesmo quem parou de beber sabe disso. Por outro lado, todo mundo sabe também que não só a Coca-Cola, mas qualquer refrigerante com gás e açúcar são inimigos de nossa saúde quando consumidos em excesso.

Se você sempre quis saber o que acontece com o seu corpo quando bebe uma latinha de Coca-Cola (ou um copo gigante no McDonald’s), esse é o post que você procurava. Pode até ser que, depois de ler este artigo e detectar as consequências do consumo da bebida para a sua saúde, as possibilidades de você abandonar este delicioso refrigerante aumentem consideravelmente.

 

 

 

O nível de açúcar no sague sobe absurdamente

 

Uma lata de Coca-Cola normal contém 39 gramas de açúcar, e esse refrigerante conta com alta concentração de frutose. Logo, o nível de açúcar no sangue sobre muito ao consumir a bebida, o que pode ter efeitos secundários a longo prazo como, por exemplo, a diabetes tipo 2.

 

 

 

Você vai engordar

 

Uma lata de Coca-Cola contém 140 calorias. Agora, combine isso com o o açúcar mencionado no item anterior, e fica bem óbvio que você vai ganhar peso se consumir essa bebida todos os dias. Logo, não é um absurdo associar o consumo dessa bebida com a obesidade.

 

 

 

Sua pele vai sentir os prejuízos

 

Quem bebe refrigerantes com frequência tem mais problemas de ter acne em níveis de moderado a severo, principalmente se a ingestão de açúcar na bebida for superior a 100 gramas por dia. Além disso, considere que o açúcar é um alimento inflamatório, o que faz com que a sua tele fique inflamada.

 

 

 

Seus dentes detestam essa bebida

 

Os refrigerantes gasosos de cores mais escuras como é a Coca-Cola podem manchar a superfície da sua boca, dentes e, com o tempo, provocar erosão dental. O açúcar, de novo, é o grande vilão, e um dos principais culpados pela produção das cáries.

 

 

 

Você vai ter problemas para dormir

 

Para quem sofre de insônia ou tem problemas para conciliar o sono ao descanso diário, a Coca-Cola deve ser evitada, pois a ingestão dos refrigerantes açucarados com a cafeína está diretamente associado à perda de sono. Quem consome esse tipo de bebida dormem em média cinco horas por noite ou menos.

 

 

 

Conclusão

 

 

O problema não está exatamente na Coca-Cola, mas sim no consumo diário dessa bebida. Quem consome o refrigerante com regularidade pode ter a sua expectativa de vida reduzida, e quem bebe refrigerantes artificialmente açucarados tem pelo menos 26% a mais de probabilidades de morrer de forma prematura em comparação com aqueles que bebem refrigerante só de vez em quando.

Além disso, o hábito de consumir um refrigerante por dia pode aumentar o risco de um ataque cardíaco em 20%, também por causa das já mencionadas propriedades inflamatórias desse tipo de produto.

Não sou eu que vou aqui ficar ditando regras sobre o consumo de refrigerantes das pessoas. Mesmo porque eu não sou exemplo para ninguém, e consumo a minha Coca-Cola sagrada todo final de semana. Mas estou tentando eliminar esse hábito da minha vida, e escrevo esse post para mim mesmo, inclusive.

Vamos ver se estabeleço essa meta para 2021. Mas… sendo bem sincero… está difícil dar um fim na Coca-Cola na minha vida.

 

 

Via Eat This, Not That


Compartilhe
Publicado emGastronomiaVariedades