A bicicleta elétrica ucraniana que consegue derrubar tanques russos | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Bicicletas Elétricas » A bicicleta elétrica ucraniana que consegue derrubar tanques russos

A bicicleta elétrica ucraniana que consegue derrubar tanques russos

Compartilhe

Na Ucrânia, as bicicletas elétricas são utilizadas para derrotar os invasores russos. E essa é uma forma genial e econômica para combater um inimigo que é fortemente armado, mas que demonstra não estar com tanto ímpeto para aniquilar a nação, tal e como Putin sempre ameaçou.

Porém, não são bicicletas elétricas qualquer. São veículos preparados para o uso mais extremo. A responsável por essa conversão é a Delfast, especializada dentro do segmento. Os veículos foram desenvolvidos especificamente para combater os tanques russos durante o conflito armado do país.

Neste post, vamos conhecer melhor como essas bicicletas elétricas foram concebidas e se tornaram funcionais para o conflito.

 

 

 

Como é a bicicleta elétrica de guerra da Delfast

Essas bicicletas elétricas contam com pedais funcionais e autonomia para mais de 320 km. Sem bateria, elas podem até substituir as motos elétricas, que são mais pesadas e de transporte mais complexo. Por outro lado, no seu desempenho máximo, as bicicletas podem alcançar velocidades de até 80 quilômetros por hora.

São bicicletas elétricas com estrutura reforçada, a ponto de transportar cargas pesadas em longos deslocamentos por terrenos mais exigentes. Os soldados ucranianos estão utilizando modelos modificados para que o veículo possa transportar foguetes NLAW ou Armas Leves de Nova Geração, desenvolvidas para que apenas um único soldado possa destruir um tanque inimigo.

O foguete em si pesa 12.5 kg, e é mais fácil de ser transportado na parte traseira dessas bicicletas elétricas. Com esse veículo, fica mais fácil, silencioso e rápido alcançar uma posição de disparo, reduzindo de forma significativa a exposição do soldado.

Mas essa não é a única bicicleta elétrica que está ajudando os soldados ucranianos. Outra empresa do país, a ELEEK, também está colaborando com as forças armadas locais com motos elétricas que foram modificadas para melhor se adaptarem ao campo de batalha. Esses veículos são utilizados pelos times de franco-atiradores da nação invadida.

 

 

 

A tecnologia e a criatividade ajudando a resolver um grave conflito bélico

Entendo que o problema na Ucrânia é muito grave e ainda está longe de ser resolvido. Por outro lado, é muito interessante ver como a tecnologia e a criatividade são utilizadas para contribuir na defesa da nação ucraniana.

Se do outro lado existe um dos exércitos mais poderosos do planeta, a Ucrânia mostra uma boa vontade e criatividade para responder aos ataques russos, dentro de suas condições físicas e objetivas.

Nem preciso dizer que essa bicicleta elétrica não está disponível para compra. Mas quem sabe outros países acabam adotando soluções semelhantes para os seus respectivos exércitos.


Compartilhe
@oEduardoMoreira