O canal 4096 publicou alguns interessantes vídeos sobre a evolução dos sistemas operacionais, serviços e consoles.

O Mac OS passou de um mundo de baixa resolução e um mapa de bits em preto e branco para o colorido (1984) e o fotorrealismo. É possível ver como os ícones são mais detalhados e simples, e o mesmo acontece com as diferentes partes da interface. Nos primeiros anos se nota o período de aprendizagem até chegar os elementos que estamos mais acostumados hoje.

 

 

Já o Windows tem um disparate sem igual desde o Windows 1.0 em 1985, com as várias telas azuis da morte ao longo dos anos. Para muitos, é o clássico exemplo de tentativa de incluir muitos elementos e detalhes de software que transformaram o Windows em um Frankenstein.

Até no Windows 8, a identidade de marcas externas ao Windows lutam para se destacar na tela principal, algo que a Apple barrou, gerenciando cada ícone que aparece em seus sistemas.