Início » Cinema e TV » A explicação OFICIAL para a volta de Palpatine em A Ascensão Skywalker

A explicação OFICIAL para a volta de Palpatine em A Ascensão Skywalker

Compartilhe

Eu sei que muita gente não engoliu direito essa história do Palpatine estar vivo em A Ascensão Skywalker. Na verdade, muitos fãs de Star Wars não engoliram o fato desse filme encerrar a saga de forma “questionável”, para dizer o mínimo.

Agora, depois de anos de um grande “WTF?” coletivo, temos algumas explicações OFICIAIS para a volta de Palpatine. O cara não dava as caras em Star Wars desde O Retorno de Jedi (1983), e apareceu DO NADA para ser a mente por trás de Snoke/Ben Solo.

Tá, isso, e para todo mundo saber que o líder dos Sith era o avô da Rey (e criar a imagem absurda que alguma mulher ou ser vivo intergaláctico teve a coragem de manter relações sexuais com este ser).

Pois bem, vamos para as respostas.

 

 

 

A explicação OFICIAL para a volta de Palpatine

 

 

É sempre importante colocar o OFICIAL em CAIXA ALTA, não apenas para chamar a atenção do leitor, mas também para deixar bem claro que tudo o que será dito a partir de agora não é uma fan fic produzida pela minha mente criativa, muito menos pela mente de outro nerd fã de Star Wars.

O conteúdo a seguir vem do blog oficial de Star Wars, ou seja, é o resultado produzido pela mente (a essa altura do campeonato mais fértil que terreno cheio de esterco) de J.J. Abrams e do seu time de roteiristas do A Ascensão Skywalker.

Logo, não adianta brigar comigo porque você não gostou da informação que vai ler. Eu sou apenas o transmissor da mensagem, e não o responsável pela produção da informação.

De acordo com o blog oficial de Star Wars, o mestre Sith desenvolveu um plano B caso o plano A desse errado (como, de fato, deu). Esse plano alternativo é conhecido oficialmente como “A Contingência”.

Segue:

 

“Por muitos anos antes de sua morte, Palpatine buscou a imortalidade no planeta Sith de Exegol. Foi neste planeta que ele e seus cultistas, conhecidos como Eternal Sith, experimentaram a clonagem. Exegol também foi onde Palpatine construiu sua frota da Ordem Final. Como um Sith imortal, Palpatine reinaria supremo sobre a galáxia com sua armada Sith. Este seria o grand finale da Contingência, conhecido apenas por alguns selecionados.

Quando Palpatine foi morto na segunda Estrela da Morte, sua consciência foi transferida para um clone de seu próprio corpo em Exegol, mas o corpo estava muito fraco para contê-lo. Isso levou Palpatine a criar mais clones e fios de si mesmo na esperança de que alguém pudesse oferecer a ele um recipiente mais adequado para ele habitar. Todo esse esforço acabou culminando em Rey, filha de um dos elencos de Palpatine. Ela era o recipiente perfeito, mas seu pai e sua mãe fizeram o possível para escondê-la de seu avô sinistro.”

Emily Shkoukani, membro do Lucasfilm Story Group e editora do Inside Intel

 

Ou seja, essa é toda a conexão entre o final de A Ascenção Skywalker que, por enquanto, dá um desfecho para a história de Ben Solo e Rey. E isso deixa as portas bem abertas para que Palpatine volte mais uma vez no futuro, já que não sabemos se ele não possui outros truques guardados na manga.

E é isso o que temos para hoje.


Compartilhe