greenpeace-lego

A Greenpeace protesta contra a Lego… destruindo uma de suas maquetes. Eles exigem que a fabricante de brinquedos encerre suas relações com a Shell Oil, que mantém explorações petrolíferas no Ártico.

A Lego licencia seu logotipo e/ou cria maquetes com seus produtos para várias empresas, e o acordo com a Shell Oil é de longa data (1966). Quando a Lego pediu autorização para criar uma maquete de uma estação de serviço e dos veículos de distribuição da Shell, o sucesso foi imediato.

A Greenpeace não aprova essa união, e montou uma campanha para que os internautas peçam para a Lego encerrar essa parceria. E o Greenpeace promete não parar por aí. Já a Lego não achou muita graça da brincadeira, e respondeu em um comunicado em sua conta oficial no Twitter, passando uma velada advertência para a Shell.

Estamos totalmente comprometidos com o objetivo de deixar uma imagem positiva na sociedade e em nossas crianças. Lamentamos que a marca Lego seja utilizada como moeda de troca em uma disputa entre organizações. Porém, também esperamos que a Shell seja responsável por seus atos, e leve adiante as medidas necessárias para responder os processos em curso.

Para bom entendedor…

Vídeo a seguir.