Ir ao conteúdo

A série Mi A da Xiaomi… morreu?

Compartilhe

A família de smartphones Mi A da Xiaomi chamou a atenção por entregarem uma experiência de Android puro, preço espetacular, ótima autonomia de bateria e uma usabilidade excelente. Porém, não sabemos se veremos um dia um Mi A4, ou se esta família de dispositivos está morta para sempre.

A família Mi A da Xiaomi faz parte do programa Android One, e isso sempre foi considerado algo positivo por parte dos seus usuários. Porém, o próprio Android One foi morrendo aos poucos pelas mãos do Google, e alguns temem que o Mi A4 sequer venha a existir por causa disso.

 

 

 

Procura-se um Mi A4 desesperadamente

 

 

O Mi A4 deveria ter sido lançado em 2020. Pois bem, estamos em fevereiro de 2021 chegou ao fim… e nada! O Mi A3 chegou no meio de 2019, e nem mesmo vazamentos do seu sucessor apareceram na internet. A Xiaomi não se pronuncia oficialmente sobre o assunto, e todo mundo está a ver navios até hoje.

Tudo isso deixa como recado que a Xiaomi poderia ter abandonado em definitivo a série Mi A, apesar de nenhum executivo da empresa confirmar essa informação. Vale a pena lembrar que outras famílias de produtos da marca que também desapareceram, como foi o caso da série Mi Max, tiveram uma comunicação clara sobre isso, por parte dos executivos de alto escalão da empresa.

 

 

O silêncio sobre a família Mi A é ambíguo. Pode dar esperança para os mais otimistas, ao mesmo tempo que dá a entender que a Xiaomi está com tanto desprezo por essa série e pelo Android One, que se esqueceu de anunciar a morte dessa família de produtos.

 

 

 

O culpado é o Xiaomi Mi A3?

 

 

Não dá para afirmar nada, mas o histórico fala muita coisa.

O Xiaomi Mi A3 apresentou problemas desde o seu lançamento, e esses problemas só pioraram após cada versão lançada do sistema operacional. O Android 11 deixou várias unidades desse dispositivo simplesmente imprestáveis, com muitos usuários esperando por uma solução ou reparo do dispositivo.

Agora, imagine a situação para os compradores brasileiros que normalmente adquirem os seus dispositivos Xiaomi fora do Brasil, sem qualquer tipo de garantia.

Não podemos afirmar neste momento que a família Mi A foi abandonada pela Xiaomi, mas o desastre que foi o Mi A3 pode ter contribuído para isso. Todo o trabalho feito na MIUI é elogiado pelos seus usuários e até mesmo pelos puristas do Android, e o Android One foi perdendo interesse com o passar do tempo.

Dito tudo isso… dá para ter esperanças sobre a chegada de um Mi A4?

Sinceramente?

Não.


Compartilhe
Publicado emTelefonia