acer-predator-15-topo

Ontem (03), eu escrevi aqui no blog sobre o novo notebook para games da ASUS que conta com um sistema de refrigeração líquida. Talvez eu não tenha dado tanta ênfase para a parte do design, mas se não bastasse a tal ‘mochila’ de refrigeração, vocês já repararam como aquele era um produto visualmente chamativo?

Não que ele seja feio. Ele só chama muito a atenção. E alguns gamers podem preferir algo mais sóbrio. Para estes, a Acer apresenta os novos notebooks Predator 15 e Predator 17, com um acabamento igualmente moderno, pensado nos jogadores mais convictos, mas que ao mesmo tempo apresenta um ar de sobriedade que muitos podem desejar.

A boa notícia disso tudo é que a Acer não deixou de lado as tecnologias necessárias para uma boa performance nos games, incluindo o sistema de refrigeração, que não é líquida nesse caso, mas combina recursos de hardware e software para ser mais eficiente. E essas soluções são inseridas de modo que as linhas de design sejam preservadas, sem resultar em um produto com um visual muito exagerado.

Também ajuda o fato da Acer ter adotado a predominância do preto, com alguns detalhes em vermelho. É o tipo de combinação cromática que não tem muito como errar.

Nas especificações, os novos Acer Predator 15 e 17 também acertam em cheio, com processadores Intel Skylake Core i7, gráficos NVIDIA GeForce GTX980, até 32 GB RAM e 512 GB de SSD. Para completar a eficiência a produtividade desses equipamentos, o teclado desses dois modelos contam com sistema de retro iluminação, permitindo que os gamers joguem madrugada adentro, no escuro do quatro ou escritório.

O produto é uma boa solução da Acer, que pode conquistar alguns corações daqueles que já pensam em trocar o seu equipamento no final do ano. Ou no ano que vem, se os impostos deixarem.