Você sabe guardar segredos?

Eu sei! Pode acreditar nisso.

Eu sei de um monte de coisas, de um monte de gente, e fico quieto. Por que? Bom, primeiro porque sei o que é cumplicidade, e algumas dessas pessoas conhecem alguns segredos meus, e quero acreditar que essas pessoas estão mantendo esses segredos todos bem guardados. Caso contrário, terei que matar muita gente.

Segundo, porque protejo meus amigos e a todos aqueles que me ajudam a crescer todos os dias. Guardar os segredos dos outros não é algo tão ruim assim, desde que você tenha a devida maturidade para lidar com isso.

No mundo profissional, funciona da mesma forma. Dentro da minha atividade como produtor de conteúdo de tecnologia, eu recebo informações exclusivas, antes de todo mundo. Mas tudo tem o seu momento certo, e deve ser divulgado no momento correto. Para o interesse de todos os lados envolvidos.

Pois bem, eu recebi mais um acordo de confidencialidade. É parte do meu trabalho como editor de tecnologia. Não é o primeiro que eu recebo, e espero que não seja o último. E vou seguir o acordo firmado entre as duas partes.

Por que? Porque funciona.

Vejo alguns colegas blogueiros que “queimam a largada” apenas para obter audiência e visibilidade. Mas… eu prefiro seguir as regras. Não sou o tipo de cara que quer tirar vantagem apenas porque tenho informações exclusivas sobre produtos e lançamentos de tecnologia. Nem com amigos próximos eu comento tais detalhes, e olha que alguns dos meus amigos nem na internet estão.

Ou pelo menos não usam Facebook e Twitter para fofocar.

Logo, recebi o acordo de confidencialidade, e vou cumprir esse acordo. Sim, eu sei de muita coisa já sobre o futuro do mercado de tecnologia no Brasil, mas só posso comentar com vocês no momento certo.

Por enquanto, o que posso dizer é que novos produtos estão por vir. Alguns deles estão entre os mais esperados de 2018.

Coisa boa. Coisa grande. Muita gente vai gostar do que está chegando por aí.

Aguarde e confie.