Compartilhe

hate-hostgator

Eu me sinto um homem livre. Acabou! Até nunca mais, HostGator Brasil! Depois de meses de sofrimento, perca de tempo, aborrecimentos, lentidão nos sites, quedas constantes e até um convite para que eu me retirasse da hospedagem (vinda de um dos seus atendentes via chat), eu tomei vergonha na cara (sim, eu reconheço) e mudei de hospedagem. Resultado: todos os meus problemas acabaram. TODOS!

A minha principal bronca com a HostGator Brasil era, basicamente, ter todos os problemas nos blogs, e eles publicamente afirmarem que a culpa era minha. Por sua vez, a HostGator Brasil simplesmente se limitava a oferecer o serviço, e o cliente que se dane. Afinal de contas, se o VPS deles sofre ataques de DDoS, SQL Inkjection e outras vulnerabilidades que eles jamais se prestaram a tentar prevenir (ou auxiliar o cliente que não possui tanto conhecimento técnico), a culpa era do cliente. Aliás, vai o recado para o pessoal da HostGator Brasil: tem advogado de olho no pessoal das redes sociais com essa história de tentar colocar o cliente como culpado para outros clientes, ainda mais sem provas. Afinal, eles simplesmente ignoram o fato disso ser calúnia e difamação na legislação brasileira. Mas tudo bem. Quem sou eu para julgar, não é mesmo?

De qualquer forma, antes de sair da HostGator Brasil, fiz todos os tipos de otimização em meus blogs: plugins de cache, Cloudflare, plugins de proteção contra ataques… e nada resolvia. A solução só veio quando decidi conversar com o Renê Fraga, do Google Discovery, questionando sobre a opção que ele utilizava. Ele já tinha me falado sobre os serviços da Liquidweb antes, mas não fiz a migração por estar no meio da Campus Party Brasil, e por atender outras necessidades. Na época, o Renê me falou não só da qualidade do serviço, mas principalmente pelo atendimento do mesmo, e tudo isso pagando bem menos do que pagava na HostGator Brasil.

Pois bem, fiz a mudança. E não me arrependo em nada!

Pra começar, não tive que esperar 72 horas para ter o servidor disponível. Paguei via PayPal, e em minutos o serviço estava disponível. A migração dos dados não durou 48 horas. Foi feita em 12 horas. Quando os problemas de adaptação dos dados apareceram, o suporte não parou de se comunicar até que o problema fosse resolvido, apresentando outras opções sobre tudo aquilo que poderia fazer para deixar os blogs funcionais. E o mais importante: em NENHUM MOMENTO a Liquidweb colocou a culpa em mim. Eles entendem que sou um cliente, com necessidades específicas, e que são ELES que precisam se adaptar ao que preciso.

O resultado disso? Este blog, o TargetHD.net e o SpinOff.com.br estão simplesmente voando, muito mais otimizados (com a ajuda da equipe técnica da Liquidweb), sem quedas, e com sobra de recursos para um momento de grande volume de visitas. Tenho uma economia final de R$ 50 por mês (e isso porque o banco de dados do TargetHD.net é gigante). Pode parecer pouco? Sim. Mas no final do ano, minha ceia de Natal está paga. E o principal: tenho um suporte eficiente no sistema 24/7/365, que resolveu todos os eventuais problemas ocorridos durante a migração. Apenas para ressaltar: com um hardware com menos recursos que aquilo que a HostGator Brasil estava oferecendo.

Hoje, eu recomendo que, se você tem um ou mais blogs com razoável número de visitas, que busque uma hospedagem lá fora. Não estou dizendo que não exista hosts de boa qualidade no Brasil. Eles existem, e acho que cada um tem sua história para contar sobre o assunto. Porém, a HostGator Brasil é aquela para se dizer “nunca mais”. A política deles é: quando um blog começa a ter uma visibilidade maior, o descaso para otimização de recursos por parte deles passa a ser disfarçadamente aplicado, para que o cliente acabe adquirindo produtos mais caros da própria empresa. Jamais eles se dedicam a ajudar o cliente a resolver problemas que estão ao alcance deles, e o desrespeito ao consumidor, expondo o mesmo ao público e afirmando que a culpa é do cliente e que eles “não tem nada a ver com isso” é algo simplesmente deplorável.

Peço desculpas pelas quedas que tive nos últimos meses. Errei em ter ficado tanto tempo em um serviço que hoje considero abaixo das minhas expectativas. Porém, como disse lá em cima, hoje sou um homem livre, com blogs rápidos e estáveis. Algo que a HostGator Brasil não era mais capaz de me oferecer, seja por incompetência ou por descaso.

Até nunca mais, HostGator Brasil!


Compartilhe