Início » Notícias » Adeus, Xiaomi Mi. Olá, Xiaomi

Adeus, Xiaomi Mi. Olá, Xiaomi

Compartilhe

Adeus, Mi.

Sempre preferi o nome Xiaomi, e confesso que me sentia obrigado a escrever Mi em todos os artigos que produzi até aqui sobre a marca. Por isso, eu sou um daqueles que se sentem plenamente contemplados com a decisão da marca chinesa em eliminar o termo Mi dos seus dispositivos.

Nas últimas semanas, a mudança já era percebida com a adoção da nova terminologia para o Xiaomi MIX 4 (e não Xiaomi Mi MIX 4). O mesmo aconteceu com o Xiaomi Pad 5. E, convenhamos: é muito melhor o uso dos novos termos.

 

 

 

Adeus ao “Mi” a partir de setembro

 

 

O Mi estava presente na Xiaomi desde o começo dos seus produtos, em 2011. Porém, esse termo nunca foi associado à marca principal (pelo menos para mim), deixando sempre a impressão que a expressão estava associada a uma família de produtos.

E não posso dizer que a Xiaomi bem que tentou fazer com que o termo Mi estivesse diretamente relacionado ao protagonismo de seus produtos, uma vez que o seu site principal é simplesmente Mi.com.

Pelo menos para mim, isso nunca funcionou. E parece que a Xiaomi finalmente entendeu que não funcionava nem para ela.

A Xiaomi explica a sua decisão em comunicado:

 

A partir do terceiro trimestre de 2021, a série de produtos “Mi” da Xiaomi foi renomeada como “Xiaomi”. Essa mudança vai unificar a presença da marca global e fechar a lacuna de percepção entre a marca e seus produtos, embora possa levar algum tempo para se aplicar em todas as regiões.

Com a introdução da nova identidade, duas séries diferentes de produtos estão localizadas sob a marca-mãe. Por um lado, existem os dispositivos Xiaomi, que representam a tecnologia mais recente e oferecem uma experiência premium. De outro, os produtos Redmi, que oferecem inovação por um preço mais acessível e voltados para o público mais jovem.

 

 

Além dos nomes, os logotipos serão atualizados, e as nomenclaturas Xiaomi e Redmi serão aplicadas a todos os ecossistemas de produtos das respectivas marcas. Ou seja, marcas como Mi Smart Band, Mi Watch, Mi TV, Mi Selfie Stick Tripod e “ad infinintum” vão se converter automaticamente em Xiaomi Smart Band, Xiaomi Watch, Xiaomi TV, Xiaomi Selfie Stick Tripod e etc.

Sinceramente? A Xiaomi não está errada nessa decisão. E agora, o recém vazado Xiaomi Mi 11T Pro será simplesmente Xiaomi 11T Pro, um nome comercialmente muito mais agradável. E este tem tudo para ser um dos primeiros produtos frutos dessa nova fase da empresa.

Adeus, Mi. Vai deixar saudades? Tenho minhas dúvidas.

 

 

Via Android Police


Compartilhe