Foi bom enquanto durou, mas eu desativei o Yoast SEO dos meus blogs.

Eu usei esse plugin por anos, por recomendação dos meus colegas blogueiros. Durante o tempo que utilizei esse plugin, ele me atendeu bem, mas sempre senti que ele entregava resultados menos favoráveis que o All in One SEO Pack.

Mas isso não me incomodava. Os acessos apareciam muito por causa dos conteúdos que eu escrevo nos blogs, e não necessariamente por causa de um plugin de SEO. Um plugin ajuda, mas ele não é essencial para entregar resultados objetivamente positivos.

Com o tempo, você aprende que o que realmente importa é você produzir um bom post.

Porém, uso o plugin de SEO, como todo mundo. Porque é importante para a visibilidade no Google e em outros buscadores. E plugins são atualizados constantemente.

O Yoast SEO passou por duas atualizações dentro da sua atual versão (9.0) e, desde então, ele não se entendeu mais com as minhas instalações do WordPress como um todo.

No começo, eu achava que era algum conflito como Autoptimize, já que toda vez que eu tentava limpar o cache desse plugin, os blogs simplesmente ficavam offline. Mas depois de averiguar o que estava acontecendo com mais detalhes, identifiquei que o vilão era mesmo o Yoast SEO.

Resultado: eu tive que realizar a remoção desse plugin e instalar o bom e velho All in One SEO. Não é o recomendado, não é o ideal… mas é o que temos para hoje.

Se você percebeu que depois da atualização do Yoast SEO o seu blog ficou fora do ar, apresentando o Erro 500, saiba que muito provavelmente este plugin é o grande culpado. E a desinstalação pode dar resultado.

Sinceramente? Eu acho uma pena que isso aconteceu.

Eu estava totalmente adaptado ao Yoast SEO, e espero que este problema se resolva. Também vou investigar melhor a falha, pois desconfio que isso pode estar relacionado ao PHP. Prometo averiguar nesse final de semana.

Até lá e, pelo menos por enquanto… adeus, Yoast SEO! Foi bom enquanto durou!