windows-3.1

Um aeroporto francês mantém em uso o Windows 3.1, em pleno 2015. Estamos falando de um sistema operacional de 1992, mas como já era de se imaginar, há um motivo muito claro para isso.

Tal como ocorre em algumas entidades, empresas e órgãos públicos, o uso de diferentes tipos de software de legado, ou seja, que são tão antigos que não funcionam em versões atuais do Windows, provoca um lastro tecnológico para este aeroporto, o que impediu de atualizar a versão do sistema operacional.

Falamos de um software centrado na transmissão de dados climatológicos aos pilotos, o DECOR. É um programa vital no uso em condições adversas. Caso esse sistema falhe, os voos precisam ser suspensos até a sua recuperação, uma vez que,  em condições climáticas não favoráveis, a sua ausência pode resultar em risco iminente.

Devemos ter em conta que o uso de hardware e software obsoleto não é algo novo, nem é um problema isolado, mas sim uma realidade visível em muitas áreas, algumas delas muito importantes. O software legado representa um grande obstáculo na evolução tecnológica.

Via Neowin