Compartilhe

Minha senhora… se o seu marido começou a ver todo mundo como o Blue Man Group, a ciência acabou de encontrar uma explicação para isso. O Viagra sagrado que ele usa para apimentar a sua relação de 35 anos ou mais (e que a senhora não sabe que ele está usando) está revolucionando a vida de vários casais (com lapsos de tempo de, pelo menos, 3 a 5 horas). Porém, sempre vem acompanhado de efeitos colaterais.

Uma pesquisa publicada na Turquia revela que os homens que usam o Viagra pela primeira vez com a dose mais alta possível do remédio podem começar a ver tudo em tom azul. Foram 17 casos detectados pelo estudo, apresentando exatamente o mesmo cenário.

Os pacientes que tomaram Viagra pela primeira vez o fizeram com finalidades recreativas (ninguém toma esse remédio para fins científicos), mas o fizeram sem prescrição médica (como boa parte dos homens estão fazendo, o que é um erro grosseiro). Essas pessoas consumiram a dose máxima do remédio, ou seja, 100mg. E rapidamente eles começaram a apresentar os bizarros sintomas que duraram dias.

Esses homens sofreram transtornos visuais, sentiram as pupilas dilatadas, ficaram com a vista borrada, registraram uma maior sensibilidade à luz e transtornos de visão relacionados às cores dos elementos. Todos, sem exceção, registraram os mesmos sintomas.

Porém, o que mais chamou a atenção entre os responsáveis do estudo é que os tons de roxo e verde simplesmente desapareceram da visão dos usuários quase por completo, para no lugar realçar a cor azul no seu lugar.

 

 

 

BIZARRO!

 

 

Bem sabemos que muitos homens (especialmente aqueles que são membros do grupo da melhor idade, ou que são jovens a mais tempo) utilizam medicamentos sem receita médica para melhorar o desempenho sexual, ou para ajudar com a ansiedade e a disfunção erétil. E esse é um erro mais grosseiro do que ser brocha (que é algo que nem é culpa do coitado).

Para a grande maioria dos homens, qualquer efeito secundário que o Viagra pode entregar será temporário e leve. Por outro lado, é fundamental deixar bem claro que é possível encontrar problemas persistentes de visão para um pequeno número de usuários mais sensíveis aos componentes da fórmula do medicamento.

Mesmo que o Viagra, quando utilizado dentro das doses minimamente recomendadas, entregue um apoio mental, psicológico e sexual muito importante (quem sou eu para julgar, pois cada indivíduo é um universo em formação), ele não deve ser utilizado ou repetir a dose se o mesmo não for controlado por um médico, ou se for considerado inapropriado por causa dos efeitos no corpo.

Ao que tudo indica, as pessoas que estão vendo em azul depois de tomar o Viagra não processam a substância Sidelnafilo (um dos princípios ativos do medicamento) no mesmo ritmo da maioria das pessoas quando eliminam a substância do organismo, e isso provoca os efeitos secundários descritos nesse post.

Mas você não vai esperar começar a ver um integrante do Blue Man Group deitado na sua cama e pronto para transar para perceber que o seu corpo não está reagindo tão bem assim aos efeitos do Viagra, certo? Por favor, use o medicamento com prescrição médica e com moderação.

 

 

+info


Compartilhe