Compartilhe

8a_Images_Landing

Nem só de gadgets vive o mundo da tecnologia. Com um mercado de entretenimento cada vez mais aproveitando os benefícios da Internet (e com as conexões um pouco melhores… tá, no Brasil nem tanto…), os sites de streaming estão cada vez mais populares. E em termos de popularidade, a Netflix hoje divide as atenções do usuário com o YouTube. Sim, eu sei que você que está lendo esse post já sabe o que é a Netflix e como ele funciona. Mas na eventualidade de alguém com menor conhecimento na causa acessar esse texto no futuro, vamos passar as principais características do serviço, e analisar os seus pontos fortes e fracos.

Sobre o Produto

A Netflix é, hoje, o maior site de streaming de filmes e séries do planeta. O serviço oferece algumas das mais famosas produções do mundo do cinema e da TV, de alguns dos principais estúdios internacionais, além de produções nacionais, produções originais e documentários. Todo esse conteúdo é acessado pela internet, e entregue ao assinante em diversos dispositivos: smartphones, tablets, computadores, Smart TVs, set-top boxes, videogames, entre outros. Tudo isso é feito de forma simples e descomplicada, como se fosse um serviço de TV paga. Mas muito mais barato, sem limitações de horários, e permitindo que você assista quantas vezes quiser.

Características

Netflix_Wii_JustForKids_Brazil

Como foi dito no parágrafo anterior, o serviço do Netflix lembra muito um serviço de TV por assinatura na sua interface. A diferença é que tudo foi feito para que o usuário rapidamente identifique os conteúdos disponíveis, com ícones de grande tamanho e imagens dos programas e filmes. Essa é uma diferença substancial em relação a maioria dos serviços de TV paga, que só exibem as informações através de guias não-ilustrados.

Todo esse conteúdo é separado por categorias, que vão desde os tipos de filmes (romance, ação, comédia, etc), até listas sugeridas pela própria Netflix, de acordo com o histórico de conteúdos que você assiste, ou até mesmo pegando o histórico dos seus amigos cadastrados na rede (isso é possível através das conexões com o Facebook). Isso torna a experiência de buscas por novos programas algo mais dinâmico e até intuitivo, dependendo do ecleticismo do usuário.

nflx_on_devices

Também vale a pena reforçar que o usuário pode ver um determinado vídeo na hora que quiser, por quanto tempo quiser, quantas vezes quiser. Se você começa um filme e precisa parar por algum motivo, o sistema detecta até que ponto esse filme foi visto, e retoma a reprodução exatamente do ponto que parou. No caso de uma temporada de uma determinada série, os episódios vistos são marcados, auxiliando assim o usuário no progresso da temporada.

Nos últimos meses, a Netflix vem se esforçando para oferecer conteúdos atualizados, principalmente nas séries de TV. A prova disso foi a chegada da temporada final de Breaking Bad na plataforma antes mesmo da sua estreia na TV paga brasileira. Além disso, alguns conteúdos começam a ser oferecidos em Full HD, uma vez que os usuários do serviço já contam com dispositivos com telas nesse formato.

Prós

– É um serviço muito barato: os R$ 16,90 mensais da Netflix são muito menos que a maioria dos pacotes de TV paga oferecidos no Brasil. Para quem só quer se divertir com um filme ou uma série nos horários de folga, pode ser a melhor alternativa.
– É um bom complemento para o seu pacote de TV por assinatura: muitos usuários não podem (ou não querem) pagar pelos canais premium de filmes da operadora de TV paga. A Netflix pode ser uma boa alternativa, principalmente para aqueles que não dão preferência para os filmes mais recentes. Afinal de contas, é a metade do preço dos canais premium na maioria das operadoras.
– É fácil de usar: a maioria das pessoas não enfrentarão dificuldades em utilizar o serviço. A interface é muito simples e intuitiva.
– Liberdade: veja quando quiser, quantas vezes quiser.

Contras

– Nada é para sempre na Netflix: de tempos em tempos, o acervo da Netflix é alterado, em função dos contratos fechados com os estúdios e fornecedores de conteúdo. Ou seja, se você pensa em abandonar a ideia de comprar DVDs e Blu-rays para ver tudo via streaming, repense seus conceitos.
– Exige uma boa conexão de internet: na teoria, o serviço funciona com conexões a partir de 2 Mbps. Porém, por experiência própria, eu recomendo que você utilize, no mínimo, 10 Mbps, para ter uma folga maior na hora da reprodução de conteúdos em alta definição.
– Conteúdo desatualizado (no Brasil): para os usuários que desejam ver os filmes mais recentes ou as temporadas de séries mais atuais, o Netflix pode não ser um bom negócio. Por causa das dificuldades naturais (e burocráticas) para que os conteúdos mais recentes cheguem ao Brasil, o serviço de streaming acaba sofrendo da desatualização, e isso pode desagradar muita gente.

Relação Custo/Benefício

CompanyOverview

Isso é algo que pode variar, dependendo do usuário. No meu caso (com quase 35 anos de vida nas costas), o Netflix vale a pena pela praticidade e quantidade de conteúdos disponíveis pelo valor cobrado (apenas R$ 16,90). Ter uma opção a mais é sempre bom. Para quem é mais velho então, nem se fala. Logo, vale a pena o investimento.

Porém, se você é um usuário mais novo, ou tem pelo gosto consumir filmes e séries atuais, o Netflix pode não te agradar. Nos EUA, o perfil do serviço é bem diferente, onde algumas séries estreiam no site poucos dias depois de sua exibição na TV (ou, no máximo, logo após a sua temporada encerrar). Já no Brasil, a demora imposta pelos entraves já citados fazem com que as novidades levem mais tempo para chegar ao serviço.

Nota Final: 8.4/10

Desempenho: 8
Design: 9
Funcionalidades: 8
Preço: 10
Relação Custo/Benefício: 7

Para mais informações, clique aqui.


Compartilhe