Ir ao conteúdo
www.LojaPecasAuto.pt

As 16 palavras que definem o ano de 2020

Compartilhe

A Oxford English Dictionary não se limitou a escolher uma única palavra para definir o ano de 2020, tal e como fez nos anos anteriores. Com um ano tão anormal, a instituição escolheu nada menos que 16 palavras para definir os últimos 12 meses.

Nos anos anteriores, termos como Emergência Climática em 2019, Terremoto em 2017 e Selfie em 2013 foram as selecionadas. Mas em 2020 foram tantas palavras mencionadas, que um termo seria insuficiente para resumir os eventos dos últimos 12 meses.

Então, apresentamos a seguir a lista das 16 palavras que definem o ano de 2020 para a Oxford English Dictionary.

 

 

 

As 16 palavras que definem 2020

 

1) Incêndios florestais: principalmente no Brasil e na Austrália.
2) Acusação: ganhou força em janeiro de 2020 pela acusação que levou Donald Trump a um processo de impeachment.
3) Absolvição: em fevereiro de 2020, ganhou força porque Trump se livrou do processo de impeachment.
4) Coronavirus: talvez a palavra do ano, pelos motivos óbvios.
5) COVID-19: o termo que define 2020 em todos os sentidos. Começou a ser ouvido em todo o mundo em março, quando a OMS determinou a pandemia.
6) Lockdown: uma das medidas tomadas para conter a pandemia.
7) Distanciamento social: até então, ninguém sabia o que era isso; hoje, é parte do “novo normal”.
8) Reabertura: o retorno das atividades presenciais em diversos setores, que não durou muito tempo lá fora.
9) Black Lives Matter: um dos temas mais amargos de 2020. O termo ganhou força quando policiais mataram o cidadão afro-americano George Floyd asfixiado. A morte gerou protestos ao redor do mundo contra o racismo, o abuso de poder e injustiças sociais.
10) Cancelamento: os boicotes, retiradas de apoios e campanhas para acabar com a reputação de uma pessoa ou empresa na internet.
11) BIPOC: a abreviatura de negro, indígena e outras pessoas de cor.
12) Envio pelo correio: em um ano de pandemia, foi a opção de voto majoritária nos Estados Unidos.
13) Bielorrusso: uma palavra já conhecida, mas ganhou protagonismo com a reeleição do presidente Alexander Lukashenko.
14) Moonshot: faz referência a um momento pontual no Reino Unido, quando o governo fez testes em massa de COVID-19.
15) Superspreader: termo resgatado da década de 1970, que faz referência aos casos assintomáticos de COVID-19.
16) Zero neto: termo muito usado na mídia desde que o presidente da China garantiu que em 2060 o seu país seria neutro na emissão de CO2.

 

Alguns termos ficaram de fora dessa lista, como: novo normal, fake news, vírus, máscaras, negacionistas, quarentena, ensino à distância, home office, trabalho remoto e vários outros. E muitos de nós certamente vão incluir outras palavras que definem o ano de 2020 e que ficarão em nossa memória. Mas a lista da Oxford English Dictionary ajuda a estabelecer parâmetros para uma profunda reflexão sobre tudo o que vivemos nesse ano tão anormal.


Compartilhe
Publicado emVariedades