Compartilhe

O ano de 2020 consolidou de vez a indústria de videogames, e a crise global que assolou o mundo apenas consolidou uma tendência que estava muito clara para todo mundo. O setor já era mais lucrativo que o cinema nos últimos anos, e com a chegada de uma nova geração de consoles (e a popularidade dos eSports que não para de crescer), essa visibilidade só tende a aumentar.

Logo, é importante entender como que essa poderosa mídia se divide e redistribui seu prestígio. Qual é a empresa que mais vende videogames no mundo? Qual é poder lucrativo dessas empresas? Quanto do nosso dinheiro cada marca consegue reter?

 

 

 

Os resultados são surpreendentes

 

Se você pensa que um dos grandes protagonistas do mercado de videogames aparece na primeira posição em vendas globais, você está completamente enganado, e pode se surpreender com o ranking apresentado pela empresa de consultoria Newzoo.

A classificação dessa empresa está baseado na análise dos relatórios financeiros anuais e trimestrais publicados pelas empresas de videogames mais relevantes e que estão cotizadas na Bolsa de Valores. Ou seja, são dados oficiais, direto da fonte.

De acordo com o estudo e os números coletados, a empresa chinesa Tencent é a que mais faturou dentro do segmento de videogames em 2019. Isso mesmo: você nunca ouviu falar dessa empresa, mas agora sabe que ela conseguiu faturar mais do que a segunda colocada, a toda poderosa Sony.

Na terceira posição, outra surpresa: a Apple consegue lucrar mais com as vendas realizadas pela sua loja de games para iOS (e, muito provavelmente, com as licenças e acordos comerciais atrelados) do que a Microsoft, que está na quarta posição do ranking.

Essa posição da Apple também mostra o quanto a App Store é muito mais lucrativa que a Play Store, uma vez que o Google está na quinta posição entre as empresas que mais lucram com os videogames nesse momento. E é a empresa de Mountain View que fecha o Top 5.

 

 

O ranking de mais rentáveis no mundo dos videogames se completa com outras gigantes do setor e grandes desenvolvedores de jogos, como Activision | Blizzard e Electronic Arts. Vale lembrar que os dados são referentes a 2019, e esses números podem mudar significativamente em 2020, não apenas com a chegada dos novos consoles, mas com o lançamento dos novos jogos que aconteceram ao longo do ano.

 

 

Via Statista


Compartilhe