Alguns produtores de conteúdo já estão publicando no YouTube vídeos de unboxing, primeiras impressões testes de câmera e outras análises sobre o ASUS Zenfone 6, um dos smartphones mais esperados pelos brasileiros para o segundo semestre de 2019. E motivos para essa espera não faltam: a câmera flip, Snapdragon 855, uma ótima tela sem notch e um conjunto geral voltado para os produtores de conteúdo (e qualquer outra pessoa que quer um top de linha, mas não quer pagar o que a Samsung pede pelos seus produtos).

Porém, o ASUS Zenfone 6 não foi lançado oficialmente no Brasil. O produto será apresentado por aqui “no momento certo”, mas não existe uma data definida. Apenas a promessa que vai chegar. Ou seja, não adianta sair correndo para as lojas para tentar comprar esse smartphone, pois você não vai encontrar.

Bom, quero dizer… não de forma oficial.

Não existem privilégios nesse caso. A ASUS até distribuiu algumas unidades que ainda não eram modelos para o consumidor final para alguns influenciadores digitais e produtores de conteúdo. Porém, todos eles deixaram claro que era uma unidade de testes. Alguns canais já estão mostrando a versão final do telefone, mas deixam claro que a unidade que eles exibem foi adquirida fora do Brasil.

E isso já levanta algumas discussões.

 

 

É legal? É moral? Engorda?

 

 

A ASUS está trabalhando com uma janela de lançamento específica para Zenfone 6 no Brasil. É uma decisão estratégica, que precisa ser respeitada. A empresa tem um timing de lançamento para o nosso mercado, e boa parte dos consumidores precisam entender isso. Porém, o Zenfone 6 já foi lançado em alguns mercados internacionais, e não existe lei nesse mundo que impeça alguns produtores de conteúdo em importar o dispositivo para mostrar “em primeira mão” como é o smartphone.

Uma coisa que é preciso deixar bem claro: apesar da essência do produto importado ser a mesma do modelo que será lançado no Brasil, bem é sabido que o Zenfone 6 brasileiro vai receber algumas mudanças pontuais, específicas e pensadas no nosso mercado. E eu não falo só do padrão de carregador. Mudanças principalmente no software de câmera e na inteligência artificial, que sempre são ajustadas para o perfil de uso do brasileiro.

Logo, normalmente a ASUS quer que você, brasileiro, veja os resultados dos testes dos produtos que serão comercializados no Brasil. Mas em linhas gerais é o mesmo produto vendido aqui e lá fora.

A prática em trazer um produto de fora para fazer um review não é imoral. Eu mesmo já fiz isso, com o Xiaomi Pocophone F1 ou o relógio Amazfit Bip (em dezembro de 2018, ninguém falava que a Xiaomi ia voltar para o Brasil, e contando com a DL Electronics como parceira nessa iniciativa) ou com a tranca Wheel Up (que não era vendida por aqui). Mas fiz com produtos que eu bem sabia que não tinham representação por aqui, ou que a assessoria de imprensa não me mandaria de jeito nenhum.

Até o presente momento, eu acredito que a ASUS vai mandar o Zenfone 6 para testes. Afinal de contas, mandou todos os outros, e o TargetHD.net aumentou a sua audiência em mais de 100% em seis meses… qual assessoria perderia isso?

Mas o que eu realmente sei é que a ASUS não vê com bons olhos essa prática de analisar os produtos importados, pois a filosofia da empresa e seus envolvidos sempre foi a de estimular o mercado nacional. A empresa quer que os brasileiros coloquem o seu dinheiro nos produtos produzidos e comercializados aqui, e dentro do possível, se esforça para incentivar esse comportamento, subsidiando os valores dos seus smartphones sempre e quando possível (Zenfone 3 e Zenfone 5 são provas vivas disso).

 

 

Eu entendo todo mundo. Só espero que entendam o que eu quero dizer…

 

 

Logo, eu acho que os dois lados tem uma certa dose de razão, mas como eu não tenho essa grana para importar um telefone (e nem parceria que propicie isso) e eu ainda espero que o Zenfone 6 acabe aterrizando no TargetHD.net, eu prefiro esperar mais um pouco. E se eu não receber o produto da assessoria da ASUS, está tudo certo. É o momento de mercado, e os tempos são realmente diferentes. Eu vou entender.

E eu estou chegando a conclusão que realmente as pessoas não estão mais tão interessadas em longos reviews de tecnologia, e se é para dar a minha opinião sobre o produto, eu já fiz isso no ato do seu lançamento. De alguma forma eu ainda vou falar do telefone de alguma forma.

Se o Zenfone 6 chegar por aqui, é claro que vai ter review dele no TargetHD.net. Mas não pretendo apelar para a importação por causa desse conteúdo. O público novo que eu estou conquistando no meu blog mostra que nem tudo é a análise do produto ou a experiência com ele. Quem sabe mostrar formas em como a câmera flip pode ser útil no dia a dia, ou maneiras criativas de usar o recurso de fotos em diferentes ângulos.

Mas… amigo leitor… não estranhe que já tem testes do Zenfone 6. Tudo está absolutamente normal e dentro do previsto. Aproveite esse conteúdo extra que você está recebendo, e já comece a formar uma opinião geral sobre o dispositivo. E quando ele chegar por aqui, verifique as diferenças entre o modelo nacional e o importado, e tome a sua decisão de forma consciente.

Estamos conversados?