A Austrália recebia muitas críticas sobre a sua banda larga, que era uma das mais lentas entre os países de primeiro mundo (ocupa a posição 50 no planeta). Por isso, iniciou um projeto de infraestrutura de telecomunicações, que deve ser concluído em 2021.

Porém, nesse momento, são gastos no país milhares de dólares reparando cabos mastigados por aves cacatuas.

Os engenheiros se depararam com vários cabos mastigados ou quebrados pelas aves, que normalmente comem frutas, nozes, madeira e cortiça, mas por um motivo ainda não explicado decidiu experimentar os cabos de rede. E gostou deles.

Não sabemos se as aves ingerem os cabos, mas as perdas resultantes são enormes. Substituir os cabos de energia e fibra já custou aos cofres australianos mais de US$ 80 mil.

Este é um hábito considerado normal, e a cor e a posição dos cabos podem ter gerado os hábitos astronômicos. Logo, o problema dificultou o projeto de melhorias da velocidade de internet na Austrália, gerando prejuízos para avançar no processo, uma vez que as aves em bando são consideradas incontroláveis.

Por enquanto, uma coberta está protegendo os cabos contra as cacatuas, e esse investimento pode salvar uma rede avaliada em US$ 3 bilhões.

 

Via BBC