motorola-moto-g-bancada-de-testes-00

Finalmente, a criança chegou até aqui! O muito solicitado por alguns leitores do TargetHD e assinantes do canal de vídeos do YouTube chegou para testes e reviews: o Motorola Moto G.

O produto enviado pela assessoria de imprensa da Motorola Brasil já passou pelos primeiros testes, e é o protagonista de mais um vídeo de primeiras impressões. O smartphone é o mais recente lançamento da Motorola no mercado brasileiro, e chega com a promessa de oferecer um smarphone de linha média com uma experiência de uso de top de linha (salvo as suas devidas proporções), com um preço muito competitivo (entre R$ 699 e R$ 999). E o que posso dizer logo de cara é que o produto cumpre o que promete.

motorola-moto-g-bancada-de-testes-01

O Moto G oferece a melhor relação custo/benefício entre os modelos com a sua faixa de preço. E falo isso sem medo de errar. Você não vai encontrar um smartphone com um processador quad-core de 1.2 GHz, GPU Adreno 305, 1 GB de RAM, tela de 4.5 polegadas HD (1280 x 720p, 312 ppp) e sistema operacional Android 4.3 Jelly Bean praticamente puro por esse preço.

Mais do que isso: você não vai encontrar um produto por esse preço, com o desempenho que o modelo da Motorola entrega. Ok, muitos vão dizer que “ah, ele não tem slot para cartões microSD…”, e eu digo: comece a se acostumar com isso. Tudo indica ser uma tendência ao menos dos produtos com a chancela da Google (como é o caso do Moto G), onde o usuário deve escolher entre uma maior capacidade de armazenamento e um melhor desempenho. Entre os dois, eu prefiro a segunda opção.

Além disso, com os serviços de streaming e armazenamento na nuvem, para muita gente, 16 GB de armazenamento serão suficientes para as necessidades mais básicas.

motorola-moto-g-bancada-de-testes-03

Voltando ao Moto G, o smartphone passa uma sensação de solidez muito interessante. Possui um acabamento mais simples que o Moto X (obviamente), mas não deixa de ser um smartphone bem sólido. Tal como muitos já afirmaram em outros reviews e testes, a carcaça traseira do produto é bem complicada de ser removida (tanto, que não me atrevi em fazer isso durante o vídeo de primeiras impressões), mas com um pouco de treino, você consegue retirar essa tampa com maior praticidade.

As câmeras também são outro ponto a ser observado. As duas câmeras do Moto G são “OK” para a maioria dos usuários que pensam em comprar um smartphone dessa categoria. Os seus 5 megapixels são suficientes para enviar fotos casuais para as redes sociais, mas nada mais exigente que isso. E, convenhamos: não temos câmeras excelentes em smartphones nessa faixa de preço. Logo, imagino que quem vai comprar o Moto G não terá como prioridade as suas capacidades fotográficas.

A prioridade aqui é uma boa experiência de uso. E nisso, o Motorola Moto G é um dos melhores.

motorola-moto-g-bancada-de-testes-05

Um Android em estado quase puro, uma experiência de uso prazerosa, com transições suaves, uma performance realmente muito boa, e que pode até oferecer boas horas de entretenimento durante os jogos. Pelo menos no teste dos jogos Real Racing 3 e Dead Trigger 2, o smartphone rodou esses títulos sem maiores problemas, apesar das propriedades gráficas ficarem limitadas. Mesmo assim, para quem pensa em jogar com o smartphone, os resultados podem ser muito positivos.

Enfim, minhas primeiras impressões com o Motorola Moto G são as melhores possíveis. Nos próximos dias, sigo com os testes com o smartphone, e em breve, você poderá conferir o review completo do smartphone no TargetHD. Ah, e quando vai ao ar esse review completo? Clique aqui para saber.