Compartilhe

Em 2019, Beck lançou o muito elogiado 14to álbum de estúdio, chamado Hyperspace. E em 2020, por causa do confinamento por conta da crise sanitária global, ele desenvolveu um trabalho audiovisual em parceria com ninguém menos com a NASA, baseado nesse álbum.

“Hyperspace: A.I. Exploration”, foi lançado em 12 de agosto, e utiliza imagens das missões da NASA combinadas com inteligência artificial e a música do disco de 2019 para criar uma viagem através do cosmos.

 

 

 

Como uma Inteligência Artificial imaginaria o nosso universo?

 

Essa é a resposta que Beck e NASA oferece para a pergunta acima. A OSK criou uma Inteligência Artificial que se valeu da visualização por computador, aprendizagem automática e redes neuronais generativas adversas (GAN) para aprender tudo sobre os arquivos da NASA.

Resumindo: a IA foi treinada com centenas de milhares de imagens, vídeos e dados de pesquisas e missões de exploração espacial da NASA, essa IA começou a criar as próprias visões do nosso universo.

E o resultado é algo simplesmente GE-NI-AL!

Cada faixa do álbum “Hyperspace: A.I. Exploration” está vinculada com as imagens de uma missão específica. Confira a playlist abaixo:

“Hyperlife” | Landsat 8, International Space Station
“Uneventful Days” | Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO), Apollo 12
“Saw Lightning” | Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), Curiosity Rover, Viking 1 Orbiter
“Die Waiting” | Solar Dynamics Observatory (SDO)
“Chemical” | Cassini-Huygens
“Hyperspace” | Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS)
“Stratosphere” | Spitzer Space Telescope
“Dark Places” | Hubble Space Telescope (HST)
“Star” | Hubble Space Telescope (HST), Swift, Fermi Gamma-Ray Space Telescope
“Everlasting Nothing” | Hubble Space Telescope (HST)

 

 

 

Por exemplo, em Dark Places, encontramos fotos extraídas dos arquivos do telescópio espacial Hubble. Cada canção é uma forma diferente de escapar da realidade que lidamos, de acordo com a visão criativa de Beck.

De acordo com a revista Rolling Stone, além do álbum visual, está disponível uma reedição de luxo de “Hyperspace”, que vai chegar ao mercado em 4 de dezembro. O vinil, de edição limitada, terá duas músicas adicionais, e já está disponível para reserva, incluindo uma capa holográfica e um encarte com 24 páginas com imagens e dados da NASA.

Se David Bowie estivesse vivo hoje e na mesma situação, teria feito exatamente a mesma coisa!

 

 

 

Via Rolling Stone


Compartilhe