Compartilhe

Eu sou brasileiro, e não desisto nunca. E eu fiz 40 anos de vida. Logo, combinei o útil ao agradável e “me dei de presente” nessa data tão emblemática a bike elétrica Mibo V1.

Eu fiz a primeira tentativa para ter um veículo elétrico para a minha mobilidade aqui em Florianópolis (SC) com a Scooter Elétrica da Mymax, mas não deu muito certo. O produto basicamente não suporte o meu peso atual (90 kg, mais a mochila) e as desvantagens foram inúmeras.

Mas eu não queria desistir em ter uma bicicleta elétrica. Eu até poderia utilizar uma bicicleta normal com marchas para circular pela cidade, mas eu queria combinar a questão do deslocamento com a lei do menor esforço. E, se era para chegar suado em tudo quanto é lugar, eu quero fazer isso com a ajuda da tecnologia.

Sim, contraditório. Mas é a verdade.

Depois de muito pesquisar, encontrei na Mibo V1 a solução perfeita, ou pelo menos bem próximo disso. Depois de uma maratona de três tentativas para trazer o produto para cá, ele chegou na última sexta-feira (8), e já pedalei pelo menos 50 km com ela em três dias.

Eu ainda não estou apto para fazer o review (tenho que testar algumas funcionalidades e medir distâncias/velocidade média percorrida e tempo), mas eu posso dizer que eu vou ser muito feliz com essa bicicleta elétrica.

As diferenças para o modelo da Mymax são gritantes (e aqui eu não estou falando das marcas em específico, mas dos diferentes conceitos dos dois produtos – eu falo mais sobre isso no review da e-bike Mibo V1), e já posso dizer que a nova bicicleta atende as minhas necessidades, tal e como esperado.

 

 

Já percorri os trechos mais longos que eu preciso me deslocar na ilha, e essa bicicleta vai atender bem as minhas necessidades.

Estou feliz? Muito! Esse investimento já está se pagando, e com certeza minha vida aqui em Florianópolis acabou de ficar mais fácil. E é uma alegria imensa ver o engarrafamento do meu lado, e eu passando livre, sem precisar sequer fazer força para pedalar.

Isso mesmo. Um #spoiler sobre esse produto: você só faz força para pedalar nessa bicicleta se você quiser (ou quando realmente precisar).

Mas falo mais sobre isso em outro post.


Compartilhe