Pouca gente falou sobre isso na internet, mas como eu pago um pau enorme para as ações promocionais da Netflix, por isso vale o registro nesse post.

Muitos de vocês sabem que a série Titans, originalmente exibida pelo serviço de streaming DC Universe nos Estados Unidos, está com distribuição internacional pela Netflix. E muitos de vocês também sabem que as produções da DC (na TV e no cinema) contam com uma audiência enorme aqui no Brasil.

Logo, qualquer barulho relacionado a dois dos personagens mais populares da DC aqui no Brasil vai ser notícia. E muita. Batman e Robin são muito populares por aqui, e Titans nada mais é do que a reunião de jovens heróis que decidem combater o crime liderados por Robin.

Pois bem, em São Paulo, um grupo de aproximadamente 50 pessoas fantasiadas de Menino Prodígio decidiram protestar contra o Cavaleiro das Trevas. Para isso, foram para as ruas reclamar pelos seus direitos. Tal e como Robin deu a entender que eles deveriam fazer quando resolveu abrir a boca para dizer o já emblemático “fuck Batman”.

Poderia ser um movimento pré-Carnaval, ou uma micareta nerd? É claro que sim, mas acho que o nerd de hoje é tão descolado, que jamais participaria desse ridículo. De qualquer forma, não dá para criticar a aberração da manifestação, pois é o típico caso onde a Netflix mais uma vez “dá a volta”.

Nas reivindicações, eles pedem que o Beco do Batman (que existe, de verdade, acredite) deveria se chamar o Beco do Robin. Simples assim.

A ação aconteceu no mesmo dia em que a Netflix decidiu estrear Titans no Brasil, mostrando mais uma vez que nada é por acaso nesse mundo, e que realmente não existem coincidências no mundo televisivo.

E me surpreende que muitos portais de notícias sobre o mundo do entretenimento (inclusive o SpinOff.com.br, que teve coisas mais importantes para cobrir) não escreveram uma linha sobre isso.

De qualquer forma, vale a pena você conferir Titans na Netflix.