A empresa BT confirmou que pensa em acabar com metade das tradicionais cabines telefônicas ativas no Reino Unido. As cabines serão desativadas gradualmente, em um processo que sera concluído em 2022.

O movimento é compreensível, já que as cabines perderam seu sentido com o advento dos smartphones, salvo em casos de urgência e, ainda assim, com utilidade parcial.

A BT ainda mantém no Reino Unido 40 mil cabines telefônicas. Dessas, 7 mil são as clássicas vermelhas. O custo anual de manutenção dessas cabines alcança os 6 milhões de libras por ano, valor que não cobre as receitas geradas por elas, resultando em prejuízos constantes.

 

 

O programa de retirada gradual das cabines telefônicas virá acompanhado da instalação de unidades InLinkUK, que oferece as seguintes vantagens:

 

– WiFi de graça com velocidade de 1 Gbps
– Chamadas telefônicas gratuitas dentro do Reino Unido para números fixos e móveis
– Recarga gratuita de dispositivos móveis
– Serviços gratuitos de mapas, lista telefônica e chamadas de emergência

 

Existem por enquanto 750 unidades InLinkUK, e os testes entregam resultados muito positivos. Logo, não será surpresa a decisão de expandir essas cabines em todo o país, chegando inicialmente nas grandes cidades.

 

Via Hexus