Que os robôs sexuais serão o futuro de muitos relacionamentos humanos que eu conheço (e que você conhece também) não há nenhuma novidade nisso. Por mais que eu considere tudo isso um grande absurdo (nada substitui o ser humano em termos de relacionamentos… eu sei, tem gente que prefere outros seres vivos, mas eu ainda prefiro os humanos), essa é uma realidade mais que tangível. Palpável, eu diria.

Pois bem, agora temos uma novidade que combina robôs sexuais, inteligência artificial e pole dance com uma pitada de cantora rapper que antes era stripper. A Cardi-Bot é uma tecnologia que promete ser uma das mais avançadas nas questões eróticas, já que sua IA fica cada vez mais sofisticada nesse tema na medida que interage com os usuários.

Quem está por trás desse projeto é um site para adultos chamado CamSoda, que apresenta a Cardi-Bot como a sua principal atração. Daryn Parke, executivo da empresa, reforçou que o segredo da sua robô é mesmo a interação com os usuários, pois dessa forma ela pode aprender mais idiomas e expressões linguísticas, promovendo assim uma melhor interação e uma experiência SIMILAR (eu disse similar, e não igual) a de um humano.

Através do recurso de aprendizagem automática, o robô pode capturar conversas e aprender a se manter cada vez mais desenvolta com os usuários.

A Cardi-Bot tem origem em 2008, mas as últimas versões do robô foram inspiradas na popular série de TV Westworld, de acordo com Parke. Mas com esse nome, é impossível não se lembrar da rapper Cardi B, que foi stripper e pole dancer antes de iniciar a sua carreira na indústria da música.

Internamente, a sua cabeça se assemelha a uma câmera de segurança, com um corpo animatrônico que é controlado por cinco pessoas, além de contar com pés brilhantes e luzes em suas “partes íntimas”. Para chamar a atenção, basicamente.

Não há pecado algum desenvolver uma inteligência artificial para o pecado. O problema é que essa IA pode sair do controle se aprender algumas coisas pecaminosas com alguns adultos pecadores.

Vídeo da performance da Cardi-Bot a seguir.